Prevenir é o melhor remédio

O retorno das aplicações financeiras mostra uma relação entre rendimento e riscos. Em geral, os investimentos mais arriscados podem proporcionar ganhos ou perdas maiores que os investimentos menos arriscados.

Com sua Política de Investimentos conservadora, a Inovar Previdência busca correr riscos menores para obter rentabilidade compatível com outras aplicações financeiras que o participante pode encontrar no mercado.

E, para sua maior segurança, os riscos são controlados periodicamente, sob monitoramento constante dos órgãos internos da Inovar Previdência e da consultoria externa Mercer. Prevenir é o melhor remédio.

Risco de Mercado

A variação do preço dos ativos nas negociações financeiras define o risco de mercado. As ações, por exemplo, sofrem oscilações diárias na bolsa de valores. Como seu rendimento é desconhecido no momento da aplicação, o segmento se chama “renda variável”.

O investidor que decide correr esse risco pode obter maiores ganhos ou perdas. Por isso, a Inovar Previdência aplica em renda variável uma parte menor de seu patrimônio, que pode chegar a 17%.

Para dar mais segurança ao investimento do participante, seu fundo de pensão aloca a maior parte dos investimentos nos segmentos menos arriscados, a renda fixa e os imóveis, conforme você pode ver na tabela abaixo.

Risco de Crédito

Além da variação do preço dos ativos, a Inovar Previdência leva em conta a possibilidade de inadimplência das contrapartes nas operações financeiras, popularmente conhecida como calote.

Para minimizar esse risco, seu dinheiro é aplicado em operações com baixo risco de crédito, segundo classificação das agências de risco avaliadoras Standard & Poor’s, Moody’s e Fitch.

Risco de Liquidez

A Inovar Previdência também monitora a possibilidade de redução ou inexistência de demanda por títulos de sua carteira de investimentos, o chamado risco de liquidez. Se você quer vender alguma coisa, alguém precisa querer comprar.

Por prudência, uma parte de seu patrimônio está investida em ativos de liquidez imediata, para eliminar a possibilidade de falta de recursos para cumprir compromissos previdenciários de curto prazo.

Segurança em primeiro lugar

A aplicação de seu dinheiro obedece à Política de Investimentos da Inovar Previdência, cujos limites são mais severos que os fixados pela Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Previc) do Ministério da Fazenda, o órgão fiscalizador dos fundos de pensão.

Investimento Alocação atual
(Setembro/2019)
Limite pela Política de Investimento da Inovar Previdência Limite por lei
(Res. CMN 4.661)
RENDA VARIÁVEL (ações)

14,34%

Até 17% do patrimônio Até 70% do patrimônio
RENDA FIXA (cotas de FI, LF e NTN-B)

64,81%

No mínimo, 61% do patrimônio Até 100% do patrimônio, entre baixo, médio e alto risco de crédito
IMÓVEIS

6,96%

Até 8% do patrimônio Até 20% do patrimônio
INVESTIMENTOS ESTRUTURADOS 7,00% Até 7% do patrimônio Até 20% do patrimônio
INVESTIMENTOS NO EXTERIOR (cotas de FI)

6,89%

Até 7% do patrimônio Até 10% do patrimônio
TOTAL DOS RECURSOS

100%

(Matéria atualizada em 11/10/2019 | 14:16)